Header

Ao completar 106 anos, XV quer o bi da Copa Paulista como presente de aniversário

FOTO: Gustavo Sousa

POR MAURO ADAMOLI – OS ORIGINAIS DA BOLA– (REDAÇÃO PIRAMUNDO)

Após mais de quatro meses de disputa, a Copa Paulista 2019 chega ao fim neste sábado (16), às 17h, e o XV de Piracicaba luta para conquistar o bicampeonato, diante do São Caetano, no Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul. O técnico quinzista Tarcísio Pugliese disse que a equipe já está pronta e com o clima de uma final. “É uma decisão, não tem como o clima ser diferente disso, é um clima de guerra, de competividade e nós iremos lá para buscar essa vitória e consequentemente o título”, disse.

A previsão do tempo é de chuva na tarde de sábado em São Caetano do Sul, fato que pode atrapalhar o estilo de jogo do XV, já que a equipe costuma jogar com a bola no chão trocando passes rápidos e a chuva poderá deixar o gramado pesado para a partida. “Temos que transformar os acontecimentos em coisas positivas. O nosso time é uma equipe que gosta de ficar com a bola, é uma equipe muito técnica e a chuva definitivamente não é um fator que nos ajuda, mas não tem problema. Com chuva, sol, frio, calor, não importa como esteja o tempo, iremos pra cima para conquistar o título”, disse Tarcísio.

O São Caetano foi notícia em razão de acontecimentos fora das quatro linhas, de que a equipe está com salários atrasados e há informações que os jogadores ameaçam não entrar em campo na partida de amanhã. Para Tarcísio, o XV não pode se preocupar com essas questões e deve permanecer focado na decisão. “Esse é um fator que com certeza eles estão usando como motivação para a final. Acho que a maioria dos atletas aqui, além de mim, já passaram por essa situação e infelizmente isso faz parte do futebol, mesmo que tenha diminuído bem. Sabemos que muitos clubes não pagam ou atrasam, coisa que os atletas do São Caetano estão passando neste momento. Para nós, isso não faz diferença nenhuma”, explicou.

Tarcísio também falou da arbitragem, já que o XV sofreu com decisões contrárias durante 2019. “Sofremos muito com a arbitragem nesta temporada, se tivesse o VAR, estaríamos na Série A1 do Paulista, uma vez que tivemos um gol mal anulado no primeiro jogo. No jogo de ida da final da Copa Paulista, tivemos um pênalti claro. Gosto muito do Thiago (Duarte Peixoto, árbitro do primeiro jogo da final), acho ele um cara competente e como disse anteriormente, eles são passíveis de erros, mas nos prejudicou. Tenho certeza que não foi intencional, mas nos afetou e mudou o resultado da partida”, comentou.

Por fim, o treinador quinzista falou sobre Vinicius Gonçalves Dias Araújo, árbitro da segunda partida e que já cruzou o caminho do Nhô Quim em outra decisão nesta temporada, ele foi o árbitro da volta da semifinal, quando expulsou Tarcísio e o XV perdeu o acesso nos pênaltis. “O Vinicius foi meu atleta no Guaratinguetá há alguns anos atrás, junto como o Ivo Secchi, quando estávamos em situações opostas, com o Ivo como treinador e eu como preparador físico. O Vinícius é um árbitro muito bom, que apita em altíssimo nível, muito competente, tenho certeza da honestidade e do caráter dele, pois o conheço bem, mas pelo o que aconteceu na Série A2, acho que ele não seria o cara ideal para apitar esse jogo”, completou.

Como perdeu o primeiro jogo por 3 a 2, o Nhô Quim, que compla 106 anos nesta sexta-feira (15), precisa de uma vitória por dois ou mais gols de diferença para ser campeão, ou por um gol para levar a partida para a disputa de pênaltis. Qualquer empate dá o título ao São Caetano.

Campeão em 2016, o XV luta para entrar no hall dos bicampeões da Copa Paulista, que no momento é composto por Ferroviária (2006 e 2017), Santo André (2003 e 2014) e Noroeste (2005 e 2012), ficando atrás apenas do tricampeão Paulista de Jundiaí (1999, 2010 e 2011). Caso vença no sábado, o São Caetano conquistará seu primeiro título da competição, ficando no mesmo patamar do próprio XV, além de Ituano (2002), Linense (2015), Santos (2004), São Bento (2002), São Bernardo FC (2013), Juventus (2007), Atlético Sorocaba (2008), Bandeirante (2001), Votoraty (2009) e Votuporanguense (2018).

A Rádio Piramundo e os torcedores apaixonados, em ato comemorativo neste dia especial, véspera de uma grande batalha, parabenizam o heroico time aniversariante, patrimônio da cidade de Piracicaba, junto aos dizeres:

AVANTE XV!!!

RÁDIO PIRAMUNDO COM OS ORIGINAIS DA BOLA.
AQUI, O FUTEBOL VAI ALÉM DAS QUATRO LINHAS!

0

ASSINE PARA RECEBER NOVAS PUBLICAÇÕES

1