Header

“Me sentiria honrado”, disse Macena sobre entrar na história dos grandes atacantes do XV

Foto: Gustavo Sousa

POR MAURO ADAMOLI – OS ORIGINAIS DA BOLA– (REDAÇÃO PIRAMUNDO)

O XV de Piracicaba continua sua preparação para a decisão da Copa Paulista e para conquistar seu segundo título da competição, o Nhô Quim conta com Raphael Macena, artilheiro da competição com 12 gols e o atleta falou da marca obtida. “É uma conquista pessoal minha, já que, quando começou a competição, tinha a meta de marcar 14 gols e agora faltam apenas dois com dois jogos a disputar. Estou muito feliz com o meu desempenho pessoal, mas isso tudo é fruto do time, já que ajudaram muito e só tenho a agradecer a eles”, disse o atacante dando os méritos para seus companheiros.

Na disputa pela artilharia, o principal concorrente de Macena é o atacante Gleyson, do São Caetano, que marcou 10 gols na competição, porém o atleta não atuou nas semifinais diante do EC São Bernardo e pode se ausentar também da final, fato que Macena torça para que não ocorra. “Conheço ele (Gleyson) e fiquei sabendo da contusão, mas espero que ele jogue, pois é um bom jogador e irá melhorar mais ainda a qualidade das finais, mas tenho que fazer o meu melhor, continuar marcando os gols para a equipe e espero que nesses próximos dois jogos, tenha a felicidade de marcar mais dois gols para fechar a minha meta”, explicou o atacante.

Além do título, Macena tem a chance de apagar de vez a sua primeira passagem pelo XV (em 2014, na qual atuou pouco em razão de contusões) e cravar seu nome entre os grandes atacantes do Nhô Quim. O atleta não pensa nesta possibilidade, já que espera que tudo aconteça naturalmente. “Acho que as metas estão vindo e as coisas acontecendo naturalmente, porém não fico muito preocupado com essas coisas e tento fazer o meu melhor a cada jogo. Se conseguir bater as minhas metas e entrar para a história do XV, me sentirei muito honrado, já que sei o peso desta camisa, da importância da torcida e do meu carinho por eles”, comentou.

Por fim, Macena falou sobre a ansiedade antes da final, mas disse que procura não pensar a respeito. “Procuro nem pensar tanto, tento tirar um pouco do foco, já que apenas no dia do jogo fico mais ansioso, com vontade de jogar e fazer o meu melhor, porém antes do jogo sou bem tranquilo. Estamos fazendo esse tipo de treinamento para ficar com a cabeça tranquila para entender a estratégia e colocá-la em ação no jogo”, finalizou.

INGRESSOS

Os ingressos para a partida continuam a venda nas bilheterias do Estádio Barão de Serra Negra. Aproximadamente sete mil foram comercializados até às 15h30 da última quinta-feira (7), sendo que os todos bilhetes que poderiam ser trocadas por duas garrafas pet (quatro mil) se esgotaram.

RÁDIO PIRAMUNDO COM OS ORIGINAIS DA BOLA.
AQUI, O FUTEBOL VAI ALÉM DAS QUATRO LINHAS!

0

ASSINE PARA RECEBER NOVAS PUBLICAÇÕES

1