Header

Mesmo podendo se consagrar, Luiz Fernando quer evitar pênaltis e ser campeão no tempo normal

FOTO: Gustavo Sousa

POR MAURO ADAMOLI – OS ORIGINAIS DA BOLA– (REDAÇÃO PIRAMUNDO)

Com a final da Copa Paulista se aproximando, o XV está na reta final de sua preparação para a decisão. No penúltimo dia antes da finalíssima, o goleiro Luiz Fernando, titular incontestável da equipe na competição, falou com a imprensa sobre representar o Nhô Quim em uma decisão, se prefere ser campeão no tempo normal ou nos pênaltis e também sobre o possível WO por parte do São Caetano.

Luiz Fernando será o terceiro goleiro da história do Nhô Quim nas finais da Copa Paulista. Além dele, os outros foram Mateus Pasinato, atualmente no Moreirense-POR e Cristiano Cavalcante, preparador de goleiros do próprio Nhô Quim. Luiz falou sobre a importância do preparador para seu atual momento. “Sem dúvidas é muito bom e acrescenta muito, já que ele (Cristiano) é um cara experiente, bom treinador e conhece a história do XV. Ele sabe de tudo que envolve o clube e tem sido fundamental, não apenas nas finais, mas durante todo o tempo em que estou no XV”, disse.

 Desde 2013 foram disputadas seis finais de Copa Paulista, cinco delas foram decididas na disputa de pênaltis (a exceção foi em 2014). A edição de 2016 teve o XV como protagonista, vencendo a Ferroviária. Mesmo com a oportunidade de se consagrar de vez, Luiz Fernando torce para que o XV vença a partida no tempo normal. “Honestamente quero vencer durante os 90 minutos, será melhor para o coração (risos). Tenho bons números em pênaltis na minha carreira, já que nunca passei por uma disputa de pênaltis sem defender pelo menos uma batida. Portanto, tenho certeza que se a partida for para as penalidades máximas, estarei preparado para ajudar o XV a ser campeão”, completou.

Na última quinta-feira (14) saiu a informação de que, em razão dos salários atrasados, o elenco do São Caetano não entraria em campo na segunda partida da final, caso os vencimentos não fossem quitados até esta sexta-feira (15). Mesmo com essa notícia, Luiz Fernando acredita que terá o jogo no sábado. “Estamos sabendo desta situação, mas posso garantir com toda a certeza que o jogo irá acontecer. É uma final de campeonato e eles entrarão em campo. Óbvio que eles estão fazendo esse movimento para pressionar a diretoria para receber os salários. Compartilhamos esse sentimento com eles, pois os profissionais têm que receber, independente da área que atuem. A partida irá acontecer, já que, quando o jogo começa, tudo isso fica à parte e não vai influenciar”, comentou.

RÁDIO PIRAMUNDO COM OS ORIGINAIS DA BOLA.
AQUI, O FUTEBOL VAI ALÉM DAS QUATRO LINHAS!

0

ASSINE PARA RECEBER NOVAS PUBLICAÇÕES

1