Header

Titular contra o Atibaia, Leonardo aprova o rodízio de goleiros na reta final da primeira fase da Copa Paulista

Foto/Crédito: Elcio Fabretti

POR MAURO ADAMOLI –ORIGINAIS DA BOLA– (REDAÇÃO PIRAMUNDO)

Já classificado para a próxima fase da Copa Paulista, o XV segue sua preparação para os últimos jogos desta fase, testando novas formações e dando ritmo de jogo para o máximo de atletas possíveis. O goleiro Leonardo foi um dos atletas que teve a chance de fazer a sua estreia diante do Atibaia na última sexta-feira (9), fruto de um rodízio de goleiros, que inclui o titular Luiz Fernando e o também reserva Fábio, possível titular diante do Velo Clube, nesta sexta (16), em rio Claro.

Questionado sobre o atual rodízio de goleiros, Leonardo achou positiva a ideia do técnico Tarcísio Pugliese, já que assim todos tem a oportunidade de jogar. “O Tarcísio vem conversando com a gente e disse que já que temos três goleiros no mesmo nível, ele iria fazer esse rodízio. Acho que não é prejudicial para ninguém, muito pelo contrário, acho que só irá somar ao time, já que estaremos no ambiente de jogo, pronto para qualquer partida e acho bom principalmente para mim e para o Fábio, que no momento está sem ritmo”, disse.

Sem jogar desde o confronto diante da Portuguesa no dia 23 de janeiro, Leonardo voltou a atuar na derrota para o Atibaia. Mesmo não tendo culpa dos gols do adversário, o goleiro gostou de jogar para pegar ritmo. “Infelizmente não tive muita participação no jogo no modo geral, mas também não tive culpa nenhuma nos gols que aconteceram. Todos queremos estrear com vitória, com saldo positivo, porém nem sempre isso é possível, mas foi bom ter jogado, principalmente para pegar ritmo de jogo, já que estava desde janeiro (Série A2) sem jogar. Sabemos que poderia ter sido melhor, porém vamos esperar a próxima oportunidade para mostrarmos mais futebol”, explicou o goleiro.

Com 22 anos, Leonardo é dos três principais goleiros do XV, o mais jovem, já que Luiz Fernando tem 31 anos enquanto que Fábio (40) é mais velho até que o técnico Tarcísio Pugliese, que completou 39 na última semana. Leonardo aproveita os treinos para aprender o máximo possível com os arqueiros mais experientes. “O professor Cristiano (Cavalcante, preparador de goleiros) e o Tarcísio sempre me dizem para absorver o máximo de conselhos deles, já que são dois profissionais exemplares, pessoas que admiro muito. Temos um convívio muito bom (entre os goleiros), sempre queremos o sucesso um do outro, procuramos sempre aprender entre nós. Portanto para mim é positivo estar com dois goleiros do nível deles e sempre procuro aprender o máximo possível”, finalizou.

RÁDIO PIRAMUNDO COM OS ORIGINAIS DA BOLA.
AQUI, O FUTEBOL VAI ALÉM DAS QUATRO LINHAS!

0

ASSINE PARA RECEBER NOVAS PUBLICAÇÕES

1