Header

XV enfrenta o Velo para garantir o primeiro lugar do Grupo 2

Tarcísio Pugliese (Foto: Mauro Adamoli)

POR MAURO ADAMOLI –ORIGINAIS DA BOLA– (REDAÇÃO PIRAMUNDO)

O XV de Piracicaba enfrenta o Velo Clube nesta sexta-feira (16), às 20h, no Estádio Benito Agnelo Castellano, o Benitão, pela penúltima rodada do Grupo 2 da Copa Paulista. O Nhô Quim é o líder da chave, com 17 pontos e já está classificado para a segunda fase, porém precisa de uma vitória para garantir a liderança. O Velo é o quarto, com nove, e luta pela classificação. No sábado (17), às 15h, o Atibaia enfrenta a Inter de Limeira, em Americana, enquanto que no domingo (18), às 10h, o Noroeste joga contra o Rio Claro em Bauru.

Para o Nhô Quim, a partida é necessária para garantir o primeiro lugar, porém o jogo é muito importante para o Velo, que luta pela última vaga da chave na segunda fase. Em razão destes fatores, o técnico do XV, Tarcísio Pugliese, espera que a partida seja a mais complicada da equipe nesta fase. “O Velo precisa vencer. No meu ponto de visto é o time mais forte que enfrentamos e tenho certeza que será o nosso jogo mais difícil até aqui. É um time muito competitivo, muito técnico, tem uma boa saída de bola. Será uma partida bastante difícil, mas será bom porque assim conseguiremos avaliar a nossa equipe em uma situação bem complicada, já que é isso que encontraremos lá. O Velo é um time brigando pela classificação e eles têm muita qualidade”, explicou.

Para o confronto, Tarcísio continua com o rodízio de goleiros, portanto Fábio será o titular, enquanto que o resto do time deverá ser o mesmo que venceu o Rio Claro. “O Fábio será o titular amanhã, exatamente pela experiência que vivemos aqui no XV, no Campeonato Paulista de precisarmos dos três goleiros. O Luiz (Fernando) está em um momento fantástico e não temos dúvidas em seguir a competição com ele, mas até por estarmos classificados, colocaremos o Fábio e o Léo em ritmo de jogo. A única mudança será no gol, e iremos com a mesma equipe”, disse Tarcísio, explicando as mudanças na última partida. “As alterações que ocorreram na semana passada (saídas do Danilo Bueno e Bruno Lima) foram para prevenir uma possível lesão, já que não precisamos expor os jogadores ao risco de contusões neste momento, por já estarmos classificados. Preferimos poupá-los e já que não iriam jogar, preferimos fazer mudanças e observações na equipe”, completou. Curiosamente, a última partida do goleiro Fábio foi em Rio Claro, na derrota para o Galo Azul pela última Série A2.

Tarcísio ainda falou sobre uma declaração dada após o último jogo, em que o mesmo disse que a Copa Paulista não era uma competição muito motivante, porém o profissional esclareceu sua declaração. “Houve um mal-entendido nesta afirmação. Em momento nenhum quis dizer que não estávamos motivados para trabalhar aqui, muito pelo contrário. Eu, particularmente, poderia estar no São Bento de Sorocaba, já que tive proposta para disputar a Série B do Brasileiro, além de mais três propostas, sendo uma outra equipe da Série B e dois grandes times da Série C. Se não quisesse continuar aqui, já teria saído. Estou aqui porque estou feliz aqui, porque quero ser campeão da Copa Paulista, já que acredito nisso. Porém, não podemos ser hipócritas em dizer que o nível de visibilidade da Série A2 é o mesmo da Copa Paulista, porque se falarmos isso mentiremos para o torcedor, sendo que ele é inteligente e sabe que tem uma diferença nisso, tanto que a média de público é diferente. Portanto, se não quisesse ser campeão, eu não estaria aqui”, declarou.

Em relação aos atletas machucados, o treinador disse que Rafael Mineiro poderá estar no banco contra o Velo, que Hiroshi possa participar um pouco do próximo jogo e que Robertinho talvez esteja em condições para o primeiro jogo da próxima fase. “Essa é a tendência, mas nada oficial”, explicou.

RÁDIO PIRAMUNDO COM OS ORIGINAIS DA BOLA.
AQUI, O FUTEBOL VAI ALÉM DAS QUATRO LINHAS!

0

ASSINE PARA RECEBER NOVAS PUBLICAÇÕES

1